História da Angelina

Coragem.
Certo dia, minha prima Renata me comentou sobre uma médica obstetra que ela havia ido/conhecido. Me fez a maior propaganda! Eu, já um tanto cansada de consultar com médicos e mais médicos depois de toda a tragédia que vivemos com a perda da nossa bebê Julia, falei que não iria até a Barra da Tijuca, seria difícil, complicado, blá, blá, blá. Depois de alguns dias, ponderei, falei com meu marido e decidi me dar mais essa chance. Graças a Deus me dei essa oportunidade! Minha prima Renata foi um anjo que me levou até a Dra Carolina e esta foi o anjo que nos trouxe nosso bem mais precioso. Explicando um pouco da nossa história: a perda da nossa Julia em abril de 2014 sem nenhuma explicação concreta ou plausível, com 36 semanas de gestação desestruturou nossas vidas. Um abismo se abriu. Conheci a tristeza mais profunda. Conheci o fundo do poço e o vazio mais intenso. Em um minuto estava tudo perfeito (minha gravidez era perfeita, como isso poderia acontecer? Eu que fazia tudo tão certinho?) e no outro o coração da nossa filha não batia mais. Fazer uma cesárea de emergência e não ter nossa filha nos braços foi um punhal no meu peito. Eu morria ali também. Esse punhal eu senti por muito tempo. Passado um ano, na luta para superar todo o acontecido decidimos engravidar novamente. Foi aí que decidi conhecer a Dra Carolina, como falei no início. Estava esperançosa. Pensava: agora vai dar certo, agora é minha vez. Estava ansiosa por engravidar outra vez. Porém, outra perda aconteceu. Essa com 6 semanas, bem no início. Que desilusão. O que estava acontecendo? Dra Carolina sempre ali me dando força de alguma forma. Sofri, chorei, mas o desafio é para os fortes, como diz o ditado. Passada algumas semanas decidi que minha vida teria que seguir e que em algum momento chegaria minha hora. Em 3 meses eu estava grávida novamente. Dessa vez cheia de receios, não querendo acreditar. Estava escaldada e essa era a forma de me “proteger”. Demorei 1 mês de atraso da menstruação para fazer o teste. Avisei a Carolina e marcamos a consulta. Medo e apreensão me definiam. Primeira ultrassonografia e ali estava aquele coraçãozinho batendo muito rápido e forte. Felicidade e dúvidas. Tomamos algumas providências e optamos por eu me tratar com um anticoagulante durante toda a gravidez, já que alguma “hiper coagulação” sanguínea poderia ter sido a causa das perdas anteriores. Ficamos felizes e com medo. Eu rezava muito para Deus trazer nosso bebê, para me dar forças e me tirar a apreensão. Dra Carolina sempre sensível, humana e com opiniões tão sensatas me incentivava a acreditar que dessa vez era a minha hora. Quanta segurança ela me passava! Mesmo assim, eu demorei uns 4 ou 5 meses para começar a me entregar e curtir a gravidez. Eu tinha pânico que outra perda acontecesse. Mas tentava manter a calma e não deixava a ansiedade tomar conta de mim. Não sei como isso acontecia. Era minha fé inabalável juntamente com uma médica que me passava total segurança, profissionalismo e sensibilidade. Tudo se juntou e isso me impulsionava a acreditar! Com 3 meses de gestação descobrimos que era outra menina, que alegria! Nossa garotinha agora iria chegar! Demoramos mais alguns meses para definirmos o nome, afinal, essa também era uma forma de tentar não “nos apegarmos” se isso fosse possível. O medo andava ao lado, mas eu o contornava e seguia firme. Consultas mensais seguindo, pré-natal perfeito, injeçõezinhas de anticoagulante todos os dias (fiquei craque nisso!), fé, coragem, uma médica obstetra presente e sempre disposta a me ajudar. Resultado: um parto lindo, emocionante e muito feliz da nossa doce e tão esperada Angelina no dia 18/03/2016. Nossa princesa chegou! Saímos da maternidade com nossa filha nos braços! Que alívio! Que dádiva! Que bênção! Não era um sonho, era real! Só quem passou pelo que passamos vai sentir isso. Nossa querida Dra Carolina, escrevo esse depoimento entre lágrimas de emoção. Como lhe agradecer por ter trazido ao mundo a razão do nosso viver? Obrigada por todo o carinho e amor. Obrigada por estar sempre disposta a tirar minhas dúvidas, equilibrar minhas inquietações, me ajudar a ter coragem e me transmitir tanta segurança. Bendito dia 18/03/2016! Você e sua equipe são incomparáveis. Que Deus continue sempre a iluminar seu caminho lindo de povoar o mundo! Lilian, Alexandre e Angelina

Voltar
Fechar Menu