História da Helena, Laura e Clara

Quando soube que precisaria fazer tratamento para engravidar (FIV), pedi muito a Deus no início do tratamento que me desse um filho e logo na primeira tentativa ele me presenteou triplamente! Eram trigêmeos! A médica que fez tratamento quando soube que eram trigêmeos disse que me indicaria uma obstetra pois a gestação era de risco. Foi então que recebi o contato da dra Carolina. Agenda dela lotada, pedi um encaixe pois tratava se de uma gestaçao trigemelar e claro, me acolheu semanas depois. Eu meio perdida e ainda assustada pois não tinha tanta noção dos riscos que essa gestação poderia trazer e a Dra Carolina sempre muito atenciosa, paciente e carinhosa explicando tudo, me acalmando e dizendo que iriamos comecar por etapas. Tínhamos desde o começo metas para vencer!! Eu, meu marido e minha mãe saímos do consultório maravilhados com o atendimento e com a certeza de que ela seria A MÉDICA. Passamos os 3 primeiros meses que eram os mais críticos sem problemas nenhum.. Com 20 semanas os sustos começaram…Comecei a ter uns sangramentos que ninguém descobria da onde vinha (as bebês estavam ótimas), como estava “tudo bem” fomos ganhando tempo e atingindo metas. Na 25 semana durante a madrugada tive um sangramento muito forte que veio acompanhado de uma dorzinha. Como não moro no RJ, fui examinada na minha cidade e recebi a noticia que estava com 2 dedos de dilatação. Liguei logo para Dra Carolina e ela pediu que eu viesse imediatamente para o RJ para ser examinada por ela e assim foi feito. Cheguei hospital, fui examinada pela sua equipe, por sinal todos muito atenciosos e depois dos exames já logo me internaram. Começamos então com inibidores na veia, eu não sairia mais do hospital enquanto elas não nascessem e a meta era ganhar dias… Foi tenso, pois não poderia levantar da cama nem para tomar um banho. Recebia diariamente a visita da Dra Carolina sempre muito preocupada e atenciosa. Eu super impaciente e a cada visita dela eu ouvia que precisava ter força e paciência pois elas precisavam chegar a 28 semanas e que quando nascessem tudo isso compensaria. Ganhamos exatos 12 dias. No dia 14/11 às 5 da manhã o sangramento veio a tona acompanhado de umas leves contrações, exame de sangue tinha tido uma queda importante e a Dra Carolina foi acionada pelos plantonistas para ver qual posição tomaria. Logo, ela me ligou e pediu para que eu não tomasse café que iríamos fazer o parto às 8, que já nao poderíamos mais esperar pois meus exames estavam baixos e eu não poderia entrar em risco. Pronto, o choro veio, o medo tomou conta de mim, tínhamos ainda 27 semanas… Mais a oração foi mais forte. Eu estava com uma médica e equipe super capacitada e que fariam o melhor para que tudo desse certo. Às 8 fui para o centro cirurgico e as 8:47 veio ao mundo Helena, 8:48 Laura e 8:49 Clara, foram diretamente para o colo dos pediatras (por sinal, super competentes) e logo, desceram para uti neonatal. Quando terminou a cirurgia, indo para o quarto, fui recebida pela Dra Carol e sua equipe e já me contaram que elas tinham nascido super bem, que estavam bem na uti e que nenhuma precisou ser entubada. Ufa, respirei então aliviada. Outra batalha se iniciaria, a rotina da uti. Mais a primeira fase foi concluída com muito sucesso graças a essa médica maravilhosa que caiu na minha vida como um anjo. Sem sombra de dúvidas, se fosse preciso, eu passaria por tudo isso de novo e com certeza Dra Carol e toda sua equipe estariam nos meus planos!!! Aqui fica o meu muito obrigado a toda equipe que fez parte desse momento tão importante e em especial a Dra Carolina pela dedicação, disponibilidade, carinho, competência e atenção. Em breve meu trio irá te fazer uma visita para tirar uma fotinho e ir para esse albúm digital do consultório. Rs Com carinho, Carol, Victor, Helena, Laura e Clara

Voltar
Fechar Menu